Curso Avançado sobre Enfermidades do Camarão Cultivado

Caro participante,

No dia 10 de junho de 2013 estarei ministrando a terceira versão de um curso avançado sobre enfermidades do camarão cultivado na FENACAM.  Este é um curso intensivo que combinará aulas teóricas e sessões práticas de laboratório visando capacitar os participantes em métodos de detecção e diagnóstico de doenças atualmente listadas para crustáceos pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Eu planejei fazer uma sucinta introdução sobre a anatomia externa e interna de camarões peneídeos, histologia normal de órgãos e tecidos, procedimentos para fixação e coleta de amostras e transporte, detalhamento de técnicas de histologia padrão e, finalmente, introduzirei o participante nas doenças atualmente listadas para crustáceos pela OIE (i.e. história, distribuição geográfica, recentes avanços no conhecimento e diagnóstico). Aproveitarei para revisar, sucintamente, informações atualizadas de outros patógenos de significância epidemiológica para a indústria. Por exemplo, o participante terá a oportunidade de avançar no conhecimento da pandemia emergente conhecida como doença da síndrome da mortalidade precoce do camarão (EMS/APHNS).

Espero transmitir os ensinamentos básicos para que cada  participante saia capacitado a realizar o procedimento do diagnóstico histopatológico.  Para isso, estarei levando um conjunto de seções histológicas digitalizadas, e coradas em H&E, de camarões que apresentavam lesões típicas de infecção e patologia por IMNV, WSSV, EMS/APNHS, NHP-B, etc. Algumas estações de computadores estarão sendo disponibilizadas para o estudo individualizado (1PC/2 estudantes). Faz parte do meu método de ensino, usar a microscopia virtual por ser essa uma tecnologia que oferece muitas vantagens à metodologia convencional continuada em microscopia histopatológica (e.g. melhor orientação de toda a secção histológica independentemente da numeração de aumento das lentes).

Um ponto alto desse curso é que também haverá uma revisão, com detalhes, dos métodos para o diagnóstico molecular usados para detecção de enfermidades do camarão (teoria, prática e equipamento utilizados para hibridação in situ, nRT-PCR, RT-LAMP and qRT-PCR/PCR). Novas plataformas de diagnóstico serão obviamente apresentadas por meios de fotos e procedimentos, com a correspondente discussão. Nestes exemplos estarei incluindo técnicas de semi nRT-PCR, qRT-PCR (real-time) e RT-PCR isotérmico. Após esses procedimentos, passarei outras informações sobre o passado, presente, tendências e, medidas de controle dos riscos de translocação e disseminação dessas enfermidades de significância epidemiológica.

Esta terceira versão do referido curso será agraciada pela honrosa participação do Dr. Grant Stentiford, Diretor do Laboratório de Referência da União Européia para Doenças de Crustáceos – EURL (CEFAS) Reino Unido e Editor associado do Journal Diseases of Aquatic Organisms – DAO. Convidei o mesmo para que participe do curso, dando uma verdadeira e abalizada contribuição sobre a atuação do EURL no controle de doenças de notificação obrigatória, e em parasitas dinoflagelados do gênero Hematodimium sp., os quais estão fortemente relacionados com doenças que afetam os estoques de crustáceos selvagens em todo o mundo!!!

 

Desejando a todos que aproveitem ao máximo o curso!

 

Abraços,

 

Dr. Thales Passos de Andrade

Especialista em enfermidades de camarões marinhos

Líder do Grupo Multidisciplinar em Biopatologia de Organismos Aquáticos – MBOA

Engenheiro de Pesca – CREA 0608153729

Pós graduado em Biopatologia (M.Sc., Ph.D. e Pos-doc.)

Prof. Adjunto 1 – Curso de Engenharia de Pesca

Universidade Estadual do Maranhão – UEMA
thalespda@hotmail.com

 

Programa do Minicurso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *