Viagem do Ministro Marcelo Crivella a Argentina

Caros amigos,
Como voces podem ver na reportagem abaixo, constante do SITE do MPA e na reportagem em anexo, o Ministro Crivella e sua vasta comitiva ficaram encantados com a visita que fizeram a instalações frigoríficas de pescado na Argentina. Será que algum desses “espertos” em processamento de  pescado, já visitou um frigorífico de camarão ou de peixes no Brasil ? Claro que não, inclusive porque as mais de 40 Unidades que antes da SEAP-PR, hoje MPA, operavam no Brasil, gerando mais de 10.000 empregos para mulheres, hoje se resumem a pouco mais de uma dezena, mesmo assim, deficitárias. É amigos a nossa Presidenta não vai à luta para vender nosso pescado e o nosso Ministro não se cansa de viajar para comprar mais peixes (Noruega, Argentina e a próxima é a China e Israel !!!!). Enquanto isso, as Unidades de Beneficiamentos da Potiporã e o da Compescal por exemplos, cada um com capacidade para processar 60.000 kg/dia, que juntas já empregaram 1.200 mulheres, mas que hoje, pela perda de competitividade das exportações,  sem nenhuma preocupação ou intervenção do MPA, teve esse número reduzido para  menos de 500 mulheres, que agora correm o risco de perderem seus empregos !!!??. 
Evidentemente, que se nos mobilizarmos e pressionarmos nossos representantes no Congresso Nacional e esclarecermos nossos Governadores e Prefeitos, especialmente os dos Estados e cidades litorâneos  essa farra pode não se concretizar, como aliás conseguimos derrubar a iniciativa da mesma equipe técnica da SEMOC/MPA, à época da Ministra Ideli, que havia dispensado a ARI, autorizando a importação do P. muelleri da Argentina. Posteriormente, esses mesmos técnicos da SEMOC/MPA, elaboraram uma ARI para o Pleoticus muelleri, de forma tão amadora e apressada que colocaram a bandeira da Argentina na capa do Documento oficial do MPA, fazendo o Ministro Crivella passar vexame, a qual contestamos e mais uma vez foi derrubada. Mas como esse pessoal não se emenda, o que deixa claro que existem outros interesses não republicanos por trás desse movimento, voltaram a carga, desta feita, junto com a VIVENDA DO CAMARÃO, utilizando como pano de fundo, a Presidenta Dilma e sua colega da Argentina, como as verdadeiras mentoras dessa decisão, como se fossemos acreditar que 5.000 t/US$ 50 milhões representassem um negócio da China, que justificasse o envolvimento da nossa Presidenta ??!!! Contem outra história, porque essa ninguém acredita !!??
Por isso amigos, não temos dúvida de que se nos mobilizarmos e atuarmos junto aos nossos governantes (Governadores e Prefeitos), políticos (Deputados Estaduais, Federais e Senadores), bem como a academia e a imprensa, falada escrita e televisada, reverteremos essa equivocada e deliberadamente prejudicial  decisão, que concretizando-se afetaria nao só a carcinicultura, como a pesca extrativa de camarão, caranguejos e lagostas. 
Em seguida, logo depois que vocês absorverem essas informações enviaremos as correspondências com os protocolos das correspondências que enviamos ao Ministro Marcelo Crivella, ao Brigadeiro Atila Maia, Secretário Executivo do MPA, com cópia para os Governadores, Ministros, Deputados Federais e Senadores dos Estados litorâneos   para o conhecimento e divulgação de todos, de preferencia, em todos os meios de comunicação possível, pois não podemos aceitar passivamente que um pequeno grupo que representa interesses contrariados, se arvorem no direito de cometer um verdadeiro crime de lesa à pátria. Afinal de contas estamos defendendo a sobrevivência de atividades que geram mais de 100.000 empregos, no nível mais baixo da cadeia social, sem exigir a mínima qualificação profissional.
Itamar Rocha,
Eng. de Pesca, CREA 7226-D/PE 
Presidente da ABCC
Documentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *