Materia publicada no Jornal Tribuna do Norte sobre Aeroporto de São Gonçalo do Amarante – RN

Associação defende nome de Aluízio
Publicação: 03 de Dezembro de 2011 às 00:00
Representantes de entidades ligadas à produção e exportação de pescado e carcinicultura veem o Aeroporto Internacional de Cargas e Passageiros de São Gonçalo do Amarante como um trampolim para o progresso. Os empresários acreditam que novas rotas de exportação serão criadas e haverá uma maior facilidade para comercializar os produtos. O novo parque aeroportuário, segundo a categoria, merece ser “batizado” com o nome de uma personalidade que representa avanço e desenvolvimento. O nome do ex-ministro Aluízio Alves é aprovado pelos empresários.
Adriano AbreuPista do aeroporto de São Gonçalo do Amarante está em fase de conclusão e terminal será construído antes da Copa de 2014Pista do aeroporto de São Gonçalo do Amarante está em fase de conclusão e terminal será construído antes da Copa de 2014
Segundo Rodrigo Hazin, presidente da empresa Norte Pesca, o aeroporto de São Gonçalo vai viabilizar novas rotas para a Europa e os Estados Unidos. Atualmente, a maioria das exportações acontece pelo estado de São Paulo, o que, segundo Hazin, aumenta o tempo de viagem e, consequentemente, diminui a qualidade dos produtos comercializados. “Com o novo aeroporto, vamos abrir novas rotas para facilitar o escoamento da produção. Hoje em dia, perde-se muito tempo levando a carga até São Paulo. Toda a economia do estado sai perdendo com esse transporte. O aeroporto de São Gonçalo dará uma nova logística”, explicou.
O presidente da Associação Brasileira de Criadores de Camarão (ABCC), Itamar Rocha, afirmou que o novo aeroporto fornecerá uma grande contribuição para o transporte de cargas no estado. O presidente acredita que o camarão potiguar tem tudo para voltar ao mercado internacional com mais força. “Para o setor de pescados e camarão, o aeroporto terá um papel fundamental. Poderemos oferecer um produto diferenciado ao mercado internacional com uma logística facilitada. Nossa localização, por si só, já é um grande diferencial. Faltava um aeroporto como esse para ajudar ainda mais”, disse.
O Aeroporto Internacional de Cargas e Passageiros de São Gonçalo do Amarante poderá ser batizado com o nome do ex-ministro Aluízio Alves e a ideia, além de virar projeto de lei na Câmara dos Deputados, já dispõe da apoio de autoridades, representantes de classes, políticos e intelectuais. A proposta também é apreciada pelos empresários. Segundo Hazin, o nome de Aluízio é muito importante para o Rio Grande do Norte. “O ex-ministro e ex-governador representa um grande progresso para o estado. Sem dúvidas merece essa homenagem e reconhecimento por parte do povo potiguar”, disse.
Itamar Rocha parabenizou os idealizadores do projeto de homenagem e disse que apoia a ideia. “Claro que apoio. Aluízio foi um homem de visão ampla, que não se limitou a projetos para seus mandatos, pelo contrário, ele foi um homem à frente do seu tempo. Acho justa a homenagem, estou de pleno acordo e parabenizo o deputado Henrique Alves por apresentar esse projeto”, ressaltou.
A proposição de deputado foi apresentada, na Câmara dos Deputados, no dia 23 de novembro. O projeto está tramitando em caráter de urgência pelas comissões da Casa. Morador de São Gonçalo do Amarante há mais de 15 anos e ex-pároco do município, o padre André Martins afirma que acompanha as informações sobre o novo terminal aeroportuário desde o início. “Essa é uma obra fundamental para o desenvolvimento do nosso estado. Sempre torci para ver essa obra e, graças a Deus, o sonho está se tornando realidade”. O religioso diz ainda que é importante que aeroporto carregue um nome importante para a história potiguar. Dentre os nomes possíveis, ele destaca Câmara Cascudo e Aluízio Alves. “Os dois são nomes importantes e bem quistos por toda sociedade. Aluízio teve um papel fundamental no desenvolvimento econômico do Estado”, relata.
http://tribunadonorte.com.br/noticia/associacao-defende-nome-de-aluizio/204631

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *