Açoes da ABCC, junto ao MPA, tendo em vista evitar a importação de camarão da Argentina

———- Mensagem encaminhada ———-
De: Itamar Rocha <ipr1150@gmail.com>
Data: 20 de junho de 2011 13:41
Assunto: Re: Liberação camarão argentino
Para: Felipe Matias <felipe.matias@mpa.gov.br>, Américo Ribeiro Tunes <americo.tunes@mpa.gov.br>
Cc: Henrique Cesar Pereira Figueiredo <henrique.figueiredo@mpa.gov.br>, João Crescêncio <joocrescencioam@yahoo.com.br>, Livino Sales <livinosales@hotmail.com>, cristianopmaia <cristianopmaia@hotmail.com>, Helio Filho <heliorevesa@hotmail.com>, Newton Bacurau <AGROPESCARM@hotmail.com>, Origenes <origenes@supercabo.com.br>, gentillinhares@grupogef.com.br, Malta Cleyton – Geraldo <geraldo@nexco.com.br>, Enox Maia <enoxmaia@hotmail.com>, Carlos Bezerra <biomaraquicultura@hotmail.com>, Luiz Solon Beltrão <fazenda@potiguarltda.ind.br>, Comunicação CONEPE <comunicacao@conepe.org.br>, Fabricio Ribeiro – Nutriamr Pescados <fabricio@nutrimarpescados.com.br>, Hiran Costa <hiran1968@hotmail.com>, sealifelab <sealifelab@yahoo.com.br>, Jose Filho <jose@gfv.com.br>, Marcelo Varela <marcelo.varela@atlantis.com.br>, hugo@netuno.ind.br, Sergio Pinho <sergiopinho@pescabrasil.com.br>

Caros Felipe e Américo,
 
Obrigado pelas providencias, mas espero uma posição firme do MPA, pois esse é um assunto muito caro e sério para todo o setor
da carcinicultura, e como me referi anteriormente, de acordo com a IN 39/99, nenhum tipo de camarão pode ser importado pelo Braasil.
Assim, para evitar uma ação judicial contra quem permitir a importação de camarão, o melhor seria manter a mesma política adotada pelo
MAPA nos últimos 12 anos. O ditado popular, de que o time que está ganhando não deve ser mexido, deveria ser levado em consideração pelo
MPA, pois temos certeza de que se o MAPA continua criando dificuldades para a importação de cistos de Artemia, mesmo do Alaska
e do Kazarquistão, não iria autorizar importação de camarão da Argentina!!!!!!!!! Portanto, para evitar uma demanda judicial, pois sob hipótese
alguma aceitaremos uma posição contrária a proibição de importações de camarão, de qualquer natureza e origem por parte do MPA ou do
MAPA, a nossa sugestão é de que se foi dada ou pensado em dar qualquer autorização nesse sentido, que seja revogada imediatamente.
Outrossim, caso você e Américo não consigam reverter esse equívoco, solicito que nos informem o mais rápido possível, para que em tempo,
possamos tomar as medidas e ações necessárias para evitar a consumação desse absurdo.
AtenciosaMENTE,
Itamar Rocha
Presidente ABCC

Em 20 de junho de 2011 10:38, Felipe Matias <felipe.matias@mpa.gov.br> escreveu:

Itamar, envio seu e-mail ao Henrique César.

 
Abraço,

Felipe MAtias

——————————————————————————–

De: Itamar Rocha [mailto:ipr1150@gmail.com]

Prezados amigos,
No momento que o setor de carcinicultura, através de um enorme esforço direciona toda sua produção para o mercado interno,
eis que surge todo tipo de pressão internacional para burlar a legislação brasileira (IN 39/99 do MAPA), que desde Novembro de
1999 vem impedindo a entrada no Brasil, de camarões, independentemente se selvagem ou cultivado e agora que o MPA assume
esse importante papel de vigilante da sanidade aquícola, estamos sendo ameaçados, com o único objetivo, de burlar e desmoralizar
uma iniciativa vitoriosa, que nunca recebeu qualquer questionamento ao longo desse 12 anos, mesmo quando o Brasil exportava 75%
de toda sua produção.Como podemos aceitar, no momento que estamos destinando 99% de toda nossa produção para o mercado interno,
que aventureiros de plantão, utilizando-se da desvalorização do dolar, queiram a todo o custo, quebrar essa escrita.
Chamamos a atenção dos senhores para uma ação mais firme e energica, a exemplo do que sempre foi adotado pelo MAPA, que nesses
12 anos resistiu a todas as tentativas e foram muitas, mas não permitiu que o Brasil fosse afetado pelas dezenas de doenças que hoje afetam
a carcinicultura em todos os países produtores de camarão.
Na certeza de contarmos com o apoio e compreensão do MPA, reitero os votos de elevada estima e alta consideração,
Atenciosamente,
Itamar Rocha
ABCC, Presidente
    

———- Mensagem encaminhada ———-
De: Ricardo Pedroza <rlpedroza@gmail.com>
Data: 19 de junho de 2011 15:50
Assunto: ENC: Liberação camarão argentino
Para: Origenes <origenes@supercabo.com.br>, Paulo Morais <paulomoraisrn@hotmail.com>
Cc: HelderSupracerto <suprainformatica@digizap.com.br>, Sergio de Lima Cavalcanti <sergiolima@queirozgalvao.com>, Flávia Cunha <flavia@aclf.com.br>, avelar@aclf.com.br, Lodo <lodo@ce.fri-ribe.com.br>, caetano guedes junior guedes <caetanoguedesjr@hotmail.com>, Charles <charles.mendonca@gmail.com>, Phanor Andres <escobar@aquaclara.com.br>, Itamar Rocha <ipr1150@gmail.com>

Prezados,

Observem  a ameaça eminente de importação do camarão “gambão” selvagem da Argentina. vejam que em anexo a base legal para importação e abaixo já a cotação com breakdown  e preços, estes bem mais baratos que os atuais praticados por nós. Isso pode derrubar o nosso mercado! Precisamos de ações urgente. Em anexo fotos dos camarões.

Atenciosamente,

Ricardo Pedroza  

Embaixo eu adjunto nostra oferta atual para um contendor misto de produto e a resolução que Argentina pode exportar ao Brazil.

LANGOSTINO ENTERO SALVAJE CONGELADO A BORDO EN AGUAS DEL ATLÁNTICO SUR

ESPECIE: hymenopenaeus muelleri

Packing: en cajas pequeñas de cartón de 2 kgs netos – 6 cajas por master

L1 10-20 pieces per kg – Abt. 1.5 tons a USD 11.50 por  kg neto. 

L2 21-30 pieces per kg – Abt. 8.7 tons a USD 10.50 por  kg neto. 

L3 31-40 pieces por kg – Aprox. 10.5 tons a USD 9.50 por  kg neto.   

L4 41-50 pieces per kg – Abt. 2.3 tons a USD 8.50 por  kg neto.  . 

Colas de langostinos  salvajes – cong a bordo – con cáscara

ESPECIE: hymenopenaeus muelleri

Packing: en cajas pequeñas de cartón de 2 kgs netos – 6 cajas por master

C1 hasta 55 piezas por kgs   aprox. 1 tons a USD 13.00 por kg neto

C2 56-101 piezas por kgs   Aprox. 1 tons  a usd 12.00 por kg neto

***FILETES DE MERLUZA HUBBSI CON PIEL – INTERFOLIADO – PBI –  Congelado A bordo – SIN GLASEO, SIN ADITIVOS, SIN QUIMICOS!!!

60-200 grs. Abt. 4 tons at USD 3750,-M/T

EMBARQUE: pronto

PRECIOS FOB MAR DEL PLATA                       

CONDICION DE PAGO: 100% prepago inmediatamente después a la confirmación.

SUJETO A PRIMERA VENTA

Aguardamos seus comentarios!

 

Itamar de Paiva Rocha

ABCC / PRESIDENTE

www.abccam.com.br

Tel (84) 3231 9786 / 3231 6291 / 9978 9163

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *